Workshops ECOnscientes

18-06-2019

Já reparaste que pelo país fora existem imensos eventos e workshops de todo o género ligados à sustentabilidade? Todas as semanas! De norte a sul! Mas que bom! 

Estamos a viver uma fase de abundância no que toca a movimentos ECOnscientes! Muitas pessoas querem aprender como viver de forma mais sustentável. Cada vez há mais pessoas para ensinar e partilhar os seus conhecimentos, dons e talentos. E nunca houve tantos movimentos de união em prol da preservação da Natureza! Yes! 

No passado domingo, tive o prazer de estar presente no workshop "Embalagem Sustentável de Tecido com Cera de Abelha" dinamizado na loja Grão a Grão - Saúde a Granel e orientado pela talentosa Fia Queirós do Kriyā Atelier

Foi absolutamente inspirador conviver com a Andreia, Fia e todas as formandas. Com este tipo de iniciativas, senti que finalmente todos podemos regressar às origens, unir saberes e recursos em prol de um bem comum. Voltar a estar em verdadeira comunidade, onde partilhamos e cuidamos uns dos outros. 

A Fia veio ensinar a fazer embalagens sustentáveis com cera de abelha! Têm por objetivo substituir papel de alumínio, película aderente, sacos de plástico e outros materiais e recipientes descartáveis que costumávamos utilizar nas nossas cozinhas. 

São super versáteis! Podemos utilizar para: guardar alimentos no congelador ou frigorífico; transportar comida para o trabalho (frutos secos, sandes, frutas); utilizar em picnics; fazer compras a granel! Enfim, tudo o que a imaginação permitir. São super duráveis e, por isso, evitamos imenso desperdício ... e ainda poupamos dinheiro! 

Devemos também pensar em termos de saúde pois os materiais que normalmente são utilizados para conservar produtos alimentares são feitos à base de plástico. Como já está altamente comprovado, isso põe a nossa saúde e a dos ecossistemas em risco. 

Por outro lado, já pensaram que ficamos totalmente dependentes? Porque não sabemos fazer as coisas e nem temos tempo, acabamos por comprar tudo feito. Antigamente as pessoas confecionavam os seus próprios utensílios e vestuário. Este tipo de atividades leva-nos a abrandar e a entrar em modo slow living! Tudo tem outro significado e encanto quando é feito por nós, à mão, em nossas casas! Não deixa de ser um trabalho manual e sensorial que acaba por ter um efeito terapêutico.

A utilização de cera de abelha tem gerado grande controvérsia pois muitos questionam de imediato "cera de abelha? mas as abelhas estão em extinção!".

Ora, a nossa formadora explicou os seus motivos para optar por cera de abelha:

  • Ela conhece bem e compra diretamente ao seu fornecedor. Sabe que este pequeno produtor utiliza práticas sustentáveis e éticas, que não põe em causa o bem estar e saúde das abelhas e dos restantes ecossistemas; 
  • O seu fornecedor é local e encontra-se na sua zona de residência. Desta forma, gera uma pegada ecológica muito menor do que se tivesse de encomendar algum produto (por exemplo, carnaúba e candedila) de outra região ou país; 
  • A cera de abelha tem propriedades únicas (por exemplo, o seu ponto de fusão é maior do que a cera de soja e tem propriedades antibacterianas) o que vão conferir muita mais qualidade aos embrulhos. Assim, aumenta-se a durabilidade dos alimentos e diminui-se o desperdício.

Na minha opinião, são argumentos mais que válidos. Pelo que eu e outras pessoas próximas conhecem, os apicultores conscientes são grandes defensores das abelhas. Fazem de tudo para as manter saudáveis e para as conservar. Têm de ter imenso conhecimento, pois as abelhas têm um sistema social bastante complexo que tem de ser respeitado. Com o aparecimento da vespa asiática, têm encontrado grandes desafios. 

Para além disso, sabias que há espécies totalmente dependentes da atividade apícola? Os apicultores também contribuem para a biodiversidade das espécies e do ecossistema onde se inserem! E como se sabe, as abelhas são cruciais no processo de polinização. Por isso, elas próprias contribuem para o equilíbrio do ecossistema!

Na minha perspetiva não estamos a errar quando apoiamos uma produção sustentável e ética! 

A Fia, com grande mestria, conseguiu ensinar todo o processo de forma bastante simples e prática! Referiu várias vezes a importância de sabermos exatamente qual a fonte dos produtos que utilizamos. 

Devemos evitar ao máximo produtos com químicos, uma vez que os embrulhos vão servir para conservar os nossos alimentos. Não nos podemos esquecer que os têxteis também podem conter produtos nocivos para a nossa saúde (por exemplo, são usados agrotóxicos na produção de algodão). 

O ideal é mesmo reutilizar panos, lençóis ou vestuário antigos (de preferência 100% algodão)! Por um lado, já foram lavados imensas vezes. Por outro, quanto mais antigos forem, menos probabilidade de conter produtos tóxicos têm. No caso de compra, que seja algodão, linho ou cânhamo (biológicos).

A loja ficou repleta de aromas fantásticos! Acontece magia quando utilizamos produtos naturais! Foi um workshop 100% prático. 

O provérbio "dar a cana e não o peixe" aplica-se perfeitamente à abordagem da Fia. Sem dúvida que a sua missão é dotar os outros de ferramentas para que possam ser mais independentes e proativos!

Inspirada pela sua ideologia de transmissão de saberes, a Fia criou 2 tipos de DIY Kits:  

  1. DIY Kit Pensos Menstruais Reutilizáveis;
  2. DIY Kit Embalagem Eco de Tecido com Cera de Abelha; 

No seu interior contêm os respetivos manuais passo-a-passo, tecidos, moldes, ingredientes, fórmulas,  guias informativos e recomendações ... Para que qualquer pessoa em sua casa consiga aprender a fazer e replicá-los de forma independente! Mas que grande ideia! As belíssimas ilustrações são da autoria da talentosa Inês Peres.  

A primeira loja a comercializar estes Kits é, claro ... a Grão a Grão! Este não é apenas um lugar de venda a granel de produtos naturais, regionais e bio ... mas também um projeto que assume um propósito maior! Este é um espaço de partilha e desenvolvimento de ideias em torno da sustentabilidade e do bem estar

Na medida do possível, a Andreia está sempre disponível para acolher todos os projetos que se desenvolvam nesse sentido. Se tens um projeto e também acreditas no poder das simbioses, não hesites em contactá-la! 

Neste workshop na pacata cidade de Vila Real, juntei-me a duas mulheres que se uniram por um sonho comum: cuidar do nosso planeta! 

E tu? Também te queres juntar a esta comunidade?

Por uma Vida ECOnsciente,
Filipa Gouveia