Cosmética - Quais as alternativas?

28-10-2019

A sustentabilidade atravessa toda e qualquer área da nossa vida! Portanto nada mais importante do que estarmos particularmente atentos aos produtos que utilizamos diariamente! Hoje vamos focar-nos na área da cosmética! 

No final do artigo vais encontrar uma surpresa por isso lê até ao fim! :-) 

A indústria da cosmética é enorme e uma das mais lucrativas a nível mundial! E ... com maior impacto ambiental! Como chegámos a este ponto?

Através do marketing com que temos sido bombardeados nas últimas décadas ... temos sido condicionados na nossa forma de ver o mundo! Estamos "contaminados" com uma série de ideias pré-concebidas sobre padrões de beleza.

Sejas homem ou mulher ou transgender, ninguém escapa ao escrutínio de uma sociedade baseada na imagem! Corpos esbeltos, bronzeados e perfumados, peles resplandescentes, cabelos pantene, unhas perfeitas e pés bonitos! Afinal de contas "não há uma segunda oportunidade para causar uma primeira boa impressão", não é verdade? 

Apesar de tudo, desengane-se quem pensa que a nossa "obsessão" com a beleza é uma moda recente! É ancestral! Há milhares de anos que nos embelezamos.  Posso dar os exemplos clássicos dos egípcios! Ou dos romanos! Ou artefactos pré-históricos (ex. Vênus de Willendorf)! Ou das culturas indígenas ancestrais. O embelezamento faz parte da humanidade, da nossa neurobiologia e está tudo certo!

O que não está certo é que, atualmente, se verificam as seguintes situações: 

  1. Desflorestam-se florestas virgens, templos de ecossistemas para sempre perdidos, para a produção de óleo de palma (que vai parar aos produtos de higiene e cosmética, alimentares, entre outros); 
  2. Testam-se todo o tipo de atrocidades em animais para garantir que os humanos possam utilizar determinados produtos sem que haja nenhum "escândalo"; 
  3. Utilizam-se produtos altamente nocivos para a nossa saúde e para o ambiente, nomeadamente derivados de petróleo, alumínio, chumbo, BHA, parabenos, etc. 
  4. Na grande maioria das vezes estão acondicionadas em embalagens não biodegradáveis, não recicláveis e, "claro", em plástico!

Estes motivos são mais do que suficientes para procurar outras soluções! 

Então quais são as soluções? 

  1. Em primeiro lugar, na minha opinião, devemos utilizar tudo o que já temos desde que não nos prejudique! Ora, se tens por exemplo, um batom de cieiro convencional, não faz sentido deitar fora certo? Ser sustentável significa, em primeiro lugar, não desperdiçar;
  2. Em segundo lugar, podemos reduzir! Por exemplo, se gostas muito de verniz ou de pintar o cabelo, na minha opinião, não te deves proibir radicalmente disso. Podes, em alternativa, utilizar esses produtos menos vezes. E esse pode ser apenas o primeiro passo de transição. Quem sabe um dia deixas mesmo de usar?
  3. Em terceiro lugar, cada compra que fazemos é um voto! Isto significa que podes e deves refletir sobre que sistema queres apoiar! Por exemplo, estes são alguns dos meus critérios quando analiso uma marca: é portuguesa? como vem embalado? quais são os ingredientes utilizados?  Procurar e comprar marcas alternativas, "revolucionárias" e mais conscientes é muito poderoso! 
  4. Por último, podes fazer os teus produtos em casa! Assim, garantes que conheces a origem de todos os produtos utilizados! É bastante simples fazer, por exemplo, um creme! Ou uma máscara para o cabelo! Com ingredientes naturais e vegetais. E, por vezes, basta apenas optar por apenas um ingrediente como, por exemplo, o óleo de côco ou o azeite ou óleo de calêndula (são multi-funções)!

Como vês há várias formas de nos posicionarmos perante esta questão. Na minha experiência pessoal percebi que, por vezes, o "caminho do meio" é uma boa solução. Até porque em questões de sustentabilidade, raramente temos a solução perfeita.

A SURPRESA é que está a decorrer um Giveaway na minha página de Instagram, em parceria com a loja Grão a Grão - Saúde a Granel! Para participar, podes aceder aqui.

  • Este produto é fabricado em França, certificado pela Bureau Veritas Certification! 
  • 100% do total dos ingredientes são de origem natural e 42% de origem de agricultura biológica! Protege e nutre os lábios graças à manteiga de karité bio e óleo de jojoba bio que tem na sua composição! Além disso tem uma bonita cor, natural e duradoura!
  • Aqui está a lista de INGREDIENTES: Huile de graine de jojoba*, huile de graine de tournesol*, huile de graine de ricin*, ester triple de glycérol et des acides caprylique et caprique, dioxyde de titane, cire d'abeille*, cire de carnauba (palmier), extrait de beurre de karité*, cire de candellila, palmitate de cétyle (ester des acides palmitique et cétylique), alcool cétéarylique, esters d'huile d'olive hydrogénée, esters de jojoba (mélange de cire et d'huile de jojoba hydrogénée), huile de ricin hydrogénée et éthoxylée, amidon de maïs, trioxyde de fer, carmin, alcool cétylique (alcool gras), acide palmitique (acide gras), acide stéarique, parfum (naturel), oxyde de fer, tocophérol (vitamine E), tétraoxyde de fer, alumine (Oxyde d'aluminium), linalool, limonène, géraniol;
  • Funciona literalmente como um lápis (apenas tens de o afiar à medida que utilizas) e não está embalado! Contudo, a tampa é de plástico. 

A Grão a Grão está localizada em Vila Real e aceita encomendas para todo o país! É uma Mercearia a Granel de alimentos regionais biológicos! Também tem à venda produtos de Dermocosmética Natural e Orgânica. Além disso, também tem produtos e utensílios para o lar eco-friendly

 ... Mas não só! Este é um espaço de partilha e desenvolvimento de ideias em torno da sustentabilidade e do bem estar. Lá realizam-se workshops, palestras e encontros informais de quem quer aprender a cuidar melhor do nosso planeta! Conhece este lindo projeto através das redes sociais, no facebook e instagram!

Por uma Vida ECOnsciente,
Filipa Gouveia